Casamento Gay


Recentemente mudei de casa, e faz sete anos que moro sozinho. Estou mobiliando, decorando e deixando o ambiente confortável para passar alguns anos da minha vida nessa casa que é nova e própria. Nisso, amigos meus heterossexuais e gays constantemente me questionam se não vai ter casamento e a resposta, como de costume, é não! rs

Casamento gay

Amigas e amigos de meu namorado sempre nos pegam em um momento e nos levantam essa questão. Outro dia, uma amiga de meu namorado que está de passagem no Brasil saiu para jantar conosco e levantou essa questão: vocês não vão morar juntos?

É curioso como o padrão social do casamento, principalmente no meio heterossexual é presente. Talvez o casamento seja sinônimo de segurança e estabilidade. Mas, em nosso ponto de vista tanto meu como de meu namorado, o casamento em si não garante felicidade, nem segurança nem estabilidade.

Com 34 anos, quase 35, estou num momento diferente, me estabilizando financeiramente, alavancando minha empresa e curtindo a primeira vez a possibilidade da casa própria. Vivo emancipado de meus pais desde os 26 anos, com uma ajuda aqui ou ali de minha mãe, mas cuidando da minha vida desde então.

Meu namorado vive numa república num bom bairro de São Paulo, acabou de comprar seu primeiro carro e ainda está se firmando profissionalmente.

Posso dizer por mim e por ele que nossos tempos são diferentes. Vivemos outros ritmos, outras expectativas, embora a tendência é que as expectativas se alinhem com o passar dos anos. Mas ambos entendemos que casamento é uma grande responsabilidade. Tenho comigo uma experiência de três anos dividindo o mesmo tempo e, para isso, é necessário mais esforço e adaptação que a pura vontade, desejo ou qualidade do sexo.

Nos encontramos uma média de 5 vezes por semana, fazemos praticamente tudo juntos quando não estamos trabalhando e, enquanto estou digitando essas linhas de um novo post, ele está aqui em casa na sala, curtindo um XBox em rede com o primo que está do outro lado de São Paulo. Hoje mesmo visitamos uma tia dele. Sua mãe estava por lá também, almoçamos, conversamos, dormimos no sofá depois do almoço e nos preparamos amanhã para receber as visitas aqui em casa do ano novo.

Quando voltamos da casa da tia, chegamos aqui, cuidamos dos cachorros e eu entrei na cozinha para preparar uma carne para a ceia.

Afinal, o título “casamento” garante felicidade ou estabilidade? Sinceramente, não são os rótulos ou padrões sociais que trazem essas garantias.

Tudo depende, quase que exclusivamente, da sintonia entre um casal, do ritmo que ambos colocam e de como enxergamos a qualidade de um relacionamento.

Outrora, não imaginava estar com qualquer ex-namorado nessas situações: um lavando o quintal e outro ajeitando a cozinha para preparar a carne para a ceia. Essa disposição, quase como voluntários um para o outro ou solidários, é algo que se constrói e independem de rótulos.

Hoje em dia, nem casamento, nem filhos garantem a estabilidade de um casamento.

3 comentários Adicione o seu

  1. Peter disse:

    Casamento pra mim nunca teve um significado “real”, tanto que se eu fosse hetero, faria o possível pra evitar cerimônias, chegando no máximo ao termo “juntar os trapos”. Amor de verdade, o querer estar com aquela pessoa, não precisa ser provado num papel, de frente a um juiz (ou padre, se for o caso). A verdadeira razão do papel, infelizmente, está relacionado aos bens materiais…

  2. Paulo BH disse:

    Concordo plenamente com o Peter e com o seu post, mais uma vez. Acompanho através do e-mail, leio todos e estou crescendo como pessoa em relação a ações e alguma formas de pensar. Parabéns e continue o excelente trabalho!

  3. minhavidagay disse:

    Realmente, o casamento nos dá algumas garantias relacionadas a bens materiais e pode ser válido depois de um tempo, quando ambos depositam esforços e energia durante a vida e podem compartilhar juntos. Mas isso é uma longa estrada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s