Ativo ou passivo?

Um dos posts mais clicados aqui no blog é o “Gay ativo ou gay passivo”. Muito provavelmente esse post tem mais acessos por abordar um dos temas mais tabus e curiosos no nosso meio gay. Esse tema também aborda questões de sexo e, sexo, todo mundo procura na internet! Assim, complementando um dos posts mais lidos em 2011, apresento mais alguns pensamentos sobre essa dualidade.

Primeiramente o que é ser um gay ativo ou passivo?

De maneira bem objetiva e didática, o gay ativo é aquele que, na hora do sexo, penetra o “dito-duro” no ânus do parceiro. O gay passivo é aquele que recebe o “dito-duro” em seu ânus. A priori esse orifício não foi feito para receber “bem-ditos” ou “mal-ditos” (rs). Mas, nós gays, descobrimos que uma forma de ter prazer e dar prazer é com esse tipo de penetração.

É possível ter prazer com a penetração anal?

Totalmente. A pele da região é bastante sensível e muito próximo do ânus encontra-se a próstata. Para quem não sabe, só homem tem próstata, ok?! (rs). A próstata, dependendo de como é estimulada, contribui com a sensação de prazer na hora do sexo. Existe dor também pela contração do ânus que normalmente acontece no nervosismo, ansiedade e insegurança na hora H. A dor costuma ser de ardência e acontece quando não estamos relaxados. “Gay ativo” costuma contrair bastante aquela região e, logo, sente dor. “Gay passivo” tem mais facilidade para relaxar e consegue atingir o prazer. Bem didático, gente! ;)

Ativo ou passivo

Então existe essa história de gay ativo e gay passivo?

Há 4 anos atrás eu diria que sim. Fui sempre o parceiro ativo na cama para meus ex-namorados. Mas, na realidade, hoje, eu penso diferente. Como comentado no começo do post, essa coisa de ser ativo ou passivo faz parte dos tabus sexuais dos gays. No passado eu tinha muitos bloqueios, inseguranças e questões mal resolvidas relacionadas a minha vida que acabava influenciando diretamente nesse aspecto. Hoje, livre desses medos, parece que relaxei (rs). Em outras palavras, o gay dito ativo pode ser uma pessoa mais travada em relação a algumas questões da sua vida e que acaba influenciando diretamente “nas regiões baixas”. O gay dito passivo, por outro lado, tem alguns bloqueios a menos – psicológicos – que facilitam a possibilidade de passividade. Por outro lado, o gay passivo, muitas vezes, não concebe a ideia de ser ativo por conta de outras inseguranças e bloqueios que o fazem passivo nato! (rs).

Resumindo: hoje, no meu ponto de vista, ser ativo ou ser passivo é ser mais limitado. Fisiologicamente qualquer homem pode ter prazer anal.

O que faz um gay ser ativo e outro passivo?

Não sou cientista, muito menos um sexólogo estudioso sobre o assunto! Mas, pelas experiências da minha vida e de relatos de outros amigos gays, mais uma vez, ser ativo ou passivo também é fruto de valores sociais. Dá a impressão que ser ativo é mais homem, é dominante e tem prazer em dominar. Ser passivo é o oposto: é aquele que sente prazer em ser dominado. Tudo me cheira fruto da cabeça (de cima) de cada indivíduo.

banner_half

Dá para ser ativo e passivo?

Não só dá como também me parece a opção mais gostosa. Eis uma oportunidade, no sexo, em ser gay: podemos ter um prazer um pouco além do homem heterossexual de hoje. O homem heterossexual, obviamente pelo contexto social e cultural, deixa a “portinha” fechada e com código de acesso. Na verdade é como eles mesmo dizem: “por lá só sai. É impenetrável!”  (rs). Sei que nos países de primeiro mundo, como na Europa, o ultra comentado “fio terra”, muito falado mas as vezes pouco entendido, acontece com mais naturalidade com os homens heterossexuais quando estão com suas parceiras na cama.

Replicando para o universo gay brasileiro, mais uma vez me parece uma questão social: homem gay ativo é macho! O que, de fato, é um pensamento absurdo (ou ridículo!). Não existe mais gay ou menos gay. Existem diferenças óbvias nos estilos de gays, mas essas desigualdades não nos fazem mais gays ou menos gays no momento que, o que nos define, é a simples atração por pessoas do mesmo sexo.

No primeiro post sobre o assunto, fui mais imperativo, no sentido de “acorde pra vida que tudo isso é uma bobagem”. Dessa vez, preferi um tom mais neutro e didático sobre a questão “ser ativo ou ser passivo”.

Já não é muito fácil ser gay na sociedade brasileira. E a gente ainda tenta dificultar a situação! Quantos “ativos” perdem oportunidades com outros “ativos” e “passivos” sofrem por só encontrar outros “passivos”? MUITOS!

Let’s change de subject! Somos todos fifis, oras bolas! rs


coach-de-vida-gay

Sou Mentor e Coach para o público gay e relacionados: pais, irmãos, amigos, entre outros e desde 2011 matenho o Blog MVG como meio de referência, trocas e vivências. Gostaria de uma mentoria ou coaching? www.lifecoachmvg.com.br

 

93 comentários Adicione o seu

  1. Peter disse:

    Você definiu bem, ali no final: gay ativo é o machão, e o gay passivo, é a “bichinha”. Infelizmente, muitos gays interpretam assim (não só gays, né, héteros também). De fato, ser versátil é muito melhor, o problema é que chegamos em um ponto onde um passivo nem ereção tem mais, por atribuir todo prazer ao “ânus”. Já o ativo, trava completamente a retaguarda, só sentindo dor. Ou seja, no final, tudo psicológico…

    Como gay, prefiro dar um viva a versatilidade, hahaha!

    Abraços!

    1. Léo disse:

      COM CERTEZA… UM BRINDE À NOSSA VERSATILIDADE!!!!

    2. Joaquim disse:

      Tenho um preconceito que gostava de ultrapassar: sinto, erradamente, que os passivos são menos homens e custa-me imaginar pessoas de quem gosto nesse papel.

  2. Pedro disse:

    Eu preciso de um namorado ativooooo

    1. minhavidagay disse:

      Oooooi!
      O MVG não tem função de site de relacionamento! Mas quem sabe alguém não lê seu post de desespero e te responde? Boa sorte! ;)

      1. Lucas disse:

        Eu sou ativo e quero um namorado ! =D

    2. Bruno disse:

      Eu sou versátil e quero 2 namorados. rsrsrs

      1. rsrrsrsrs um já não esta mais bastando bruno…. boa sorte

    3. caio disse:

      eu posso seu namorado onde vc mora me liga (61)92824490

    4. caio disse:

      alguem quer me namorar sou ativo me encontra no face e a gente pode conversar o meu email e esse caiocesar.azl@gmail.com

  3. Digo Dion disse:

    Algumas pessoas acham que vão ser menos homens em ser passivos, isso é bobagem né?!
    Sexo gay tem muito o que ser explorado, são diversas formas de dar e de sentir prazer, claro que tem aqueles que realmente não curtem ser passivos assim como tem aqueles que de maneira alguma fazem ativo, para os demais é questão de saber aproveitar o momento.

    1. minhavidagay disse:

      Oi Digo Dion,
      realmente o sexo gay precisa ser mais bem explorado. Estamos ainda em “estágios” básicos. Sempre vai ter um que só gosta de um jeito e outro que só gosta do outro. Mas temos que concordar que, como gays, podemos explorar tudo.

      Os passivos podem achar que não são menos homens. Mas pode ter certeza que alguns ativos acham que são mais.

      Abraço!

  4. Lucas disse:

    Sou apenas passivo. Sinto muito prazer no sexo, e também em proporcionar prazer pro meu parceiro, mas tenho muita vontade de ser ativo.
    Não sei por quê, não consigo ser ativo. Já tentei algumas vezes, mas nunca rola.. Meu amigão aqui, não endurece o suficiente na hora H! Na verdade, meu pênis é bem sensível, e às vezes no rala e rola, quando o cara vai me masturbar ou fazer oral em mim, eu acabo brochando, por causa dessa sensibilidade. Gostaria de saber se mais alguém já viveu essa situação.. Se é normal, ou se devo procurar um médico, rs. Me sinto limitado demais sendo só passivo, mas tá difícil, viu?

    Abraços!

    1. minhavidagay disse:

      Ou Lucas!
      Tudo bem?

      Normalmente a glande (cabeça do pênis) costuma ser bem sensível se temos o prepúcio. Ou seja, se não operamos para a circuncisão a glande encoberta mantém uma forte sensibilidade. Você pode tentar deixar a glande descoberta por um tempo até perceber que é possível não sentir incômodo com ela “para fora”. Naturalmente a pele vai ficando mais seca e perdendo um pouco da sensibilidade e com isso você não sente mais dor ou incômodo.

      Mas não sou um médico especializado e longe disso! De qualquer forma essa situação narrada acima, exceto a sensibilidade que você vai sentir quando a glande encosta na cueca, não traz nenhum prejuízo.

      De qualquer forma, a recomendação principal é que procure um especialista! Você é “dono do amigão” e se essa hipersensibilidade te incomoda a ponto de te trazer limitações na hora do sexo, é bom recorrer a alguém especializado no assunto!

      Ok?

      Abraço!

      1. Mateus disse:

        Adorei sua resposta ao Lucas porque vivo a mesma situaçao que ele. A dois dias tenho deixado a glande do meu penis descobreta, ocorreu exatamente o que vc disse .. Obrigado pela ajuda ;D

      2. Pedro disse:

        Mas se a gente deixar a glande descoberta, não corre o risco de ficar fedendo?

      3. minhavidagay disse:

        Oi Pedro,
        como comento é sempre bom consultar um médico. Mas acredito ser até mais higiênico!

    2. wanderley disse:

      não fique aborrecido, porque não só você, mas acontece com muitos ativos, quanto os comentários do mateus, ele falou que você sente dor, mas acho que ele não entendeu o que você disse da sensibilidade, não tem nada haver . as vezes acontece comigo de brochar na hora de penetrar, vai muito da cabeça como ela está. j a procurei um médico e fiz um tratamento que e assim mesmo ainda persiste. continue tendo prazer e dando prazer para o seu parceiro, e, continue a vida como ela é. como é bom sentir que o parceiro sinta realizado e satisfeito como nós. é o que eu tenho par te dizer. para finalizar, continue passivo que e´prazeroso para o nosso ego, até a próxima vez beijos…………………….

  5. diego fernandes disse:

    gostei muito da enquete,queria saber eu ate pouco tempo tive relacao gay sexual e fui passivo gostei muito tirando a dor kkk eu queria saber tambem se tem como dois passivos ter relacao com penetracao anal pois acho meio dificil ou sei la
    e tambem ter mais relacoes e sentir dor a cada vez que fazer?

    1. wanderley disse:

      sou casdo, e, já sai com travesty, fui passivo e gostei muito, porque ele foi muito carinhoso comigo. só que depois do ato, fiquei vario dias com ardencia e um pouco de dor. ele tem um peniz de 19cm..será que é por isso, já sai mais vezez , e é sempre a mesma coisa. é normal. como o relato acima eu sinto tesão no anus. tenho vontade de ser penetrado novamente, .

      1. wanderley disse:

        gostaria de que alguem comentace sobre o que relatei, gostaria de ter contato com passivo e ativo, para troca de ideias

      2. diego fernandes disse:

        sou,passivo tambem,o anus e uma parte sensivel,entao usa bastente lumbrificante e relaxa quando for penetrado

      3. E ai Wanderley,
        Cara eu sou ativo e as vezes passivo tb com meu namorado, não costumo ser pebetrado tireto, então. toda vez que eu faço isso, nos dias seguintes eu sinto um ardencia, é normal pois não estamos acostumados com a penetração, mas pode ver que alguns dias depois isso passa, no meu caso tento usar um lubrificande de boa qualidade, assim a penetração se torna mais fácil, e se vc estiver mesmo no clima para fazer, estiver relaxado vai ocorrer tudo bem.

        Espero ter ajudado … abraço

  6. Bruno disse:

    Eu tenho 17 anos e ja tentei fazer sexo anal, nao consigo pq doi muito, eu gostaria de saber se tem alguma dica pra nao doer, ou se para mesmo de doer com o passar do tempo? É errado ja ter relações sexuais com a minha idade? E mais uma pergunta, quanto aos pelos anais, é melhor depilar ou raspar? obrigado ^^

    1. Dênis disse:

      Use Xylocaína.

  7. fernando fázio disse:

    puts! adoro ser ativo,os gays afeminados sao os que mais gosto,acho divertido,curto bastante mesmo!

  8. wanderley disse:

    Diego Fernandes, obrigado pela dica, todas a vezes que vou ser penetrado, tenho usado o lubrificante, mas mesmo assim sinto dor, mas é uma dor gostosa, mas depois sinto uma ardência que demora alguns dias, na sua opinião, você acha que normal?. ou será que é o tamanho do pênis dele ser de dezenove cm. ele é muito carinhoso mas, na hora de gozar ele, perde o controle e, o carino fica de lado. mas vou seguir o seu conselho. fico grato e até breve: beijos……………

  9. la disse:

    A verdade é uma só: não existe um só gay que não goste de ser passivo. Eu vou repetir: TODO gay gosta de dar. Os que dizem que não é porque têm uma ou mais das seguintes travas:
    . a dor inicial na penetração é muito forte;
    . quando se é penetrado, dá, às vezes, vontade de evacuar;
    . há sempre o medo de o pênis do companheiro sair sujo de fezes.
    Quanto à dor, argumento que passa depois de pouquíssimos instantes. Quanto à vontade de evacuar, é resultado de uma não higienização anterior ao coito, como o enema, por exemplo. Quando ao medo de sujar o parceiro, digo que uma lavagem bem feita pode evitar o problema. Além disso, se sair sujo, faz parte. Afinal, o parceiro ativo sabe onde está introduzindo seu pênis.

    Agora, um recado aos passivos: já que todo gay gosta de dar, ou você aprende a gostar de comer o seu namorado ou ele vai trai-lo por sentir falta. Ele pode até não falar, por se achar mais machão. Mas esteja certo de que seu namoro não tem futuro se você não for versátil. A não ser que seja um relacionamento aberto.

    E tenho dito, rs.

    Beijo!

  10. Jack disse:

    olá gente boa tarde!.. Eu acho que tudo é uma questão de acordo, ou até mesmo uma questão de tempo. Quanto você opta em ceder apenas um dos lados o ativo ou o passivo, você também poderá aprender a usar os dois lados da moeda com o tempo. Nada está definido tudo pode acontecer…

    bjsss

  11. CALLEB disse:

    Olá
    O texto me esclareceu bastante coisa, eu inda sou iniciante no “mundo gay”, tenho 18 anos e ainda sou virgem, totalmente, não é por falta de pretendente é mais uma parte psicológica minha, bem eu não me sinto atraído pela maioria dos passivos, ou melhor, os afeminados, eu realmente não tenho nada contra, mas os caras não afeminados me exitam muito mais pelo fato da liberdade que você tem de usar sua força, não que eu seja masoquista, eu só curto uma boa “pegada”, não tenho nada contra afeminados, eu acho que mundo com eles é até mais alegre. Pois bem minha duvida maior é que eu sou um cara meio bobo não consigo perder a virgindade porque eu não quero só o sexo quero um envolvimento maior, mais sensibilidade no toque mais atração, desejo, não vejo isso em sexo casual, queria mesmo saber se isso é coisa besta minha se eu realmente tenho que acabar com isso porque o tesão quase me mata diariamente (ha outra coisa ainda não sou assumido o que dificulta mais) então ai vai a duvida, bem eu me declaro versátil porque acho a pratica legal, pois o prazer deve ser uma via dupla, mas fica a duvida sexo casual ou o sexo com envolvimento? Qual é mais prazeroso?

    1. minhavidagay disse:

      Oi Calleb!

      Sexo com envolvimento sempre me soou mais prazeroso. Mas há gays que acham que sexo é sexo e ponto final. Não existe um padrão para isso e acho que enquanto o envolvimento não vem, que tal você ir experimentando?

      Abs,
      MVG

  12. Danilo Stos disse:

    Sou gay passivo!!!mais já tivi momentos como Ativo…é bom! Mas prefiro ser passivo, dar mais prazer!…bjos

  13. Kalleo disse:

    Gente? Eu sempre fui passivo, mas tenho vontade de ser ativo. Nunca senti dor ao dar mas tbm nunca consegui gozar com isso. Tenho mta vontade de ser ativo mas nao gosto de afemimados, prefiro homenzinhos. Nas vezes que fui passivo meu penis amolecia sempre. Ja fui no medico mas nao adiantou. Sera que minha tendencia é der mais ativo? Me ajudem por favor. Tenho 22 anos e tranzei pouquissimas vezes. Obgdo.

    1. israel heborovich disse:

      Bem ola !
      Você deve sim procurar um parceiro versátil, e que enquadre dentro do seu perfil. Gays passivos tendem a ser mais afeminados, embora isso não seja regra ok?
      Mas num relacionamento onde exista mais que apenas sexo, isso nunca é um assunto definitivo, afinal entre dois homens nenhum vai querer ser a mulherzinha, ok?
      Um abraço

  14. marcelo disse:

    Ola me chamo marcelo,ja tive namorados guei, hoje esto sozinho, nao porque eu quero.mas talves nao tenho tido muito tempo para encontrar um alguem, e claro que eu nao gosto de ficar sozinho.ninguem gosta,ok mas isso nao vem ao caso agora, eununca fui penetrado,,nesta historia eu sempre fui o homem,gistaria muito de encotrar uma pessoa para namorar,esto muito sozinho,quem sabe se eu encotrar um cara que eu goste de verdade,e que goste de mim,talvez eu me renda,mas eu tenho muitoprazer em penetrar,amo namorar guey, bjjssss

    1. Sam disse:

      De onde você é? E sua idade… E goste de saber que eu não estou te convidado pra ir pra cama primeiro quero conhecer você e coisa e tal!

      1. Sam disse:

        Esqueci tem E-mail? Se tiver deixa ai…

      2. ederson disse:

        Oi!!!! Prazer em te conhecer. Me nome é Ederson, sou de Porto Alegre Rs e agora tenho 22 anos. Vc tem Face?

      3. ederson disse:

        meu e-mail é ederson.blow@yahoo.com

  15. Charles disse:

    Nunca li tanta besteira na minha vida. Para quem não nenhum tipo de neura, ser ativo ou ser passivo é uma questão de como cada um se satisfaz, não só sexualmente, mas afetiva e psicologicamente. E só.

    1. Danillo disse:

      Concordo, é apenas uma questão de satisfação, eu me satisfaço muito como ativo e não tenho curiosidade nenhuma em ser passivo e o meu namorado também não tem curiosidade em ser ativo.

    2. israel heborovich disse:

      Otima resposta, sinceramente de pleno acordo com você! abraços

  16. Jonas disse:

    Pessoal!

    Tenho um problema com o meu namorado. Antes de nos conhecermos, eramos ambos ativos, mas acabei cedendo para satisfazê-lo. E de jeito nenhum ele quer me satisfazer. Não só sendo passivo como em tudo, ele parece ter nojo do meu corpo, sei lá. Mas tenho um corpo bonito e meu pênis é legal. Eu gostaria que ele me tocasse e me visse como homem também, mas ele não faz nada. Não sei se é por falta de vontade.

    Eu me sinto muitas vezes a mulher da relação. Sexo oral ele não faz, anal também e me masturbar, isso eu faço sozinho. Não sei o que faço. Queria muito me sentir dominante de novo, mas ele não deixa. Ele diz que dói demais.

    Não quero terminar porque eu o amo mesmo. Mas não quero passar o resto da minha vida sendo apenas passivo. É chato quando você quer dar prazer ao seu companheiro e nada é recíproco.

    1. Kalleo disse:

      Eu não entendi essa parte:
      Eu me sinto muitas vezes a mulher da relação. Sexo oral ele não faz, anal também e me masturbar, isso eu faço sozinho.

      — Tá, olha só ele provavelmente namora com você porque ele não tem outra saída, mesmo gostando de vc ele pode não suportar a ideia de ele ser gay.

  17. César disse:

    Meu namorado é ativo e diz que não gosta de ser passivo pq toda fez que tentou no passado sangrou e senti muita dor, ele diz que tem trauma com isso pq as vezes que fez isso aconteceu. Alguém poderia me informar se isso pode ser um trauma relacionado a abuso no passado dele ou o que pode ter acontecido para ele ser assim?

    1. israel heborovich disse:

      Ola, bom dia.
      Meu caro essa resposta so ele pode te dar. Mas se a relação de vocês, esta em um nível de confiança e intimidade grande, vocês superarão esses problemas com certeza.
      Abraços

  18. Monaliza disse:

    Por favor, preciso de ajuda!! Sou casad há 14 anos, mas sempre desconfiei do meu marido. Ele com certeza não é gay passivo, mas desconfio que já teve relação com outro homem , nem que tenha sido uma vez só. Vou falar um pouco sobre isso , coisas que ele mesmo contou, para ver se vocês podem me esclarecer se ele é ativo ou não. Bem, os amigos dele de infancia, cidade do interior, são todos bi, exceto um. Depois que casei, um “amigo”, bi , vivia conversando com ele baixinho no portão, até que sofreu um acidente e veio chamando o nome dele na ambulância. Eu o impedi de visitá-lo. Passado um tempo veio nos visitar meu primo, que é gay assumido mas com geito masculino e mais dois amigos gays que o meu marido já havia me contado, e chamaram ele para sair para a prai à tarde, passear e não queriam que eu fosse. Novamente impedi. Em meu namoro não havia nada, não sabia de nada ele era bem safadinho, em uma noite eram 5 vezes. Depois que casamos diminuiu aos poucos e lel sempre quiz sexo anal , mas nunca fiz até pouco tempo. Ele agora, depois de 14 anos de casamento não me procura muito, bem pouca na verdade. Mas realmente o que mais me incomoda é que eu não sinto ele macho, sabe? Aquele homem que pega, que quer comer( desculpe o palavreado), que nao demonstra desejo em uma saia curta ou em um decote ou em uma roupa mais justa. A pegada dele é mole, beija os mamilos, faz sexo oral, sempre quer anal e eu nunca quero. Sempre do mesmo jeito. Já chamei para irmos ao motal, mas não se anima e diz: Vou sair daqui para ir tão longe para ir no motel?Uso camisinha com ele! E ele nem compra sabe? Se acabar demora um tempo para comprar. Não sinto com tesão em mim. Não vejo ele olhar para mulheres na rua. E não há comentários dele me trair com outras mulheres.Está um desencontro! Pela esperiências de vocês, o que acham? Ele tem uma tendencia a gostar de homens , mas fica comigo por moral e por gostar de mim, da nossa família?Há a irmã dele é homosexual e ele diz que tem vergonha disso.Por favor, me ajudem!

    1. Gilmar Filho disse:

      Olá Monaliza, eu li toda sua história mas mesmo assim não sei se posso te ajudar dando uma análise correta sobre seu marido. Por isso eu acredito que vc mesma deva ter uma conversa com ele, expondo todo seu pensamento e pedindo que ele jogasse limpo. Dizer que ele é gay seria meio complicado já que vc mesma disse que vcs tinham uma vida sexual intensa no começo mas diminuiu. Isso me parece normal já que a maioria dos casais sempre procuram fazer algo pra não cairem na rotina e assim manterem a chama da paixão. Por isso Monaliza, converse com ele e tente entender o que passa na cabeça dele. E não tenha medo, se caso ele realmente seja gay, melhor vc descobrir logo do que tentar viver uma vida de mentira né, mesmo se vcs já tenham uma família formada, isso não seria pretesto pra vc ou ele insistirem, até porque querida a fial anda e pode apostar que nesse mundo de bilhões de pessoas, existem milhões a nossa procura. Um beijo minha querida!

    2. Kalleo disse:

      Querida Monaliza, seu caso é muito parecido como o da novela. Sim ele pode ser gay. Não gosta da idéia, fica com homens e se arrepende logo depois e não se separa por achar que a familia é mais importante que um prazer homossexual. Isso pode ser, mas é claro que varia bastante de caso pra caso.

    3. wanderley disse:

      olá monaliza, li sua declaração também não sei si posso te ajudar, mas vai uma dica, convide seu marido para fazer sexo a três, você, ele e outro homem. e fique prestando atenção nele qual vai ser a reação dele. si ele sentir atraído pelo o outro e quiser ser passivo, não fale nada, pois, só assim você vai descobrir qual é a dele, dai para frente é com você, e, si você concordar em ele ser ativo e passivo, que sejam felizes para sempre.

  19. Jaiir' disse:

    Sou gay e nao assumido ainda,
    algumas pessoas ja sabem de mim pq tenho tomado um pouco de coragem e saii falando pras pessoas que confio.
    Teho 19 anos e soh fiquei com 2 homens. Foi otimo. Mas ainda tenho duvida se sou passivo, ativo ou flex, pq apesar de eu ter gostado de ficar depois me senti arrependido. Estou completamente perdido em relação a isso. è normal?
    Hetero sei que nao sou, pq nao consigo sentir atração nenhuma por garotas.

    1. Kalleo disse:

      Olá Jair, tudo bem? É normal você se sentir assim. É uma descoberta nova em sua vida. Sugiro que você experimente ser ativo e passivo. E depois verifique qual ato mais gostou. Se gostou dos dois vc será agraciado pois ser versátil é a boa.
      Um abraço. Caso queira conversar, me envie um email e podemos nos comunicar, tenho 22 anos.
      kalleo.web@hotmail.com

    2. valnnei disse:

      Olá me procure para conversarmos… Facebook.com/valnnei ou tel. 11 961861988 bj

      1. Jaiir disse:

        Bom dia. Te adicionei no face,
        depois conversamos.

    3. valnnei disse:

      Olá me procure para conversarmos… Facebook.com/valnnei ou tel. 11 961861988 bj
      Quero um namorado sou bem romântico e compreensível sou de sp aguardo contato de quem ser interessar

  20. Felipe disse:

    Olha, concordo com tudo que foi falado aqui. O negócio é dar e comer, se não for assim, não tem graça. sexo sem travas e com muito amor, prazer e segurança…, temos que para de ser careta!!!

  21. wanderley disse:

    Hoje é 12 de junho de 2013, desejo um feliz dia dos namorados para os ativos, e, nós passivos, que esta data nos enche de muito amor e carinho. BEIJOS A TODOS……………………

  22. Gabriel disse:

    Olá,leio o blog tem um tempo já,acho essa troca de opiniões e experiências,quase sempre em alto nível,muito agregadora. Enfim,tenho quase 30 anos e há quase 1 ano namoro um rapaz. Meu primeiro relacionamento estável com homem – namorei por muitos anos com mulheres apenas e continuo gostando delas,mas essa é outra história. O que acontece é que desde o princípio eu faço tudo pra agradá-lo tanto quanto ele faz. Nossa relação é muito saudável e positiva. Somos realmente felizes juntos e estamos aproveitando cada segundo dessa felicidade. Acontece que desde o começo a dinâmica sexual acaba me incomodando em alguns aspectos: Eu prefiro ser o ativo e assim foi desde o início. A cada,sei lá, (só um exemplo) 20 transas, em 18 sou o ativo e em duas o passivo. Demorou para que ele chegasse e deixasse claro que gostaria de inverter os papéis. Desde então é como se um ponto de interrogação tivesse sido instalado na minha cabeça. Não tenho nenhum problema em ser passivo algumas vezes e todas as vezes que ele me pediu eu topei, acontece que tenho mais prazer penetrando e comandando as preliminares. O problema é que me pego pensando se ele é um ativo que se faz passivo pra me agradar apenas. Óbvio que ele sente prazer enorme,isso é claro,mas fico pensando se eu tomasse a iniciativa em ser mais vezes passivo qual seria sua reação. Me frustra imaginar que ele pode estar apenas tentando me agradar,quando na verdade preferiria muito mais que fosse algo espontâneo. Levem em conta que há uma diferença de 10 anos de idade entre a gente e que ele nunca havia transado com ninguém. É isso,principalmente. Não sei se vocês já vivenciaram algo semelhante. Gostaria de saber a opinião de vocês.

  23. eu sou passivo…e gostaria de alguém que vice como sou…a
    gente não vive só de sexo a gente tambem quer carinho…

  24. Jeffrey Silva disse:

    Geeeentee, o tema causa mais polêmica do que eu imaginava! O.o Eu, não diferente de vocês tive todos esses tabus de inicio, pois a minha primeira relação foi como ativo e quando eu fui passivo a primeira vez pra mim foi um horror (dói, é claro .-.)… Mas com o passar do tempo – e às vezes conselho de amigos e dos pais (eu tive sorte que meus pais aceitaram numa boa e minha mãe fala um pouco de ativo/passivo comigo – mesmo achando que eu sou só passivo .-.) eu fui percebendo que tudo era como disse o post, realmente coisa da cabeça. Eu hoje sou adepto da teoria que diz que ‘prazer “em dobro” eh melhor que o prazer unico”, fiquei como flex/versatil mesmo… ^^ E de fato é bem mais gostoso…

  25. wendel disse:

    Oi, eu li e achei muito explicativo, eu tenho 18 anos e so fiquei com 1 cara ate hoje… foi muito bom, fiz de tudo mas fiquei com remorso por muito tempo depois rs e desde então sou muito travado quando o assunto é “pegar meninos”. eu me exito muito mais com homem do que com mulher ,mas é tenso … =[ embora na hora eu não tive nenhum problemas com essas “travas” ai que são comentadas, foi mt bom ser ativo e passivo, mas acho que to em conflito interno rs acho homens super gostosos mas ao mesmo tempo n me atraio nem um pouco por afeminados, embora goste deles, tenho mts amigos assim e eles são demais. abraços

  26. Ederson disse:

    Eu li o post e achei bem interessante. Eu tenho 21 anos e nunca tive relaçoes com outro homem não foi por falta de pretendentes mas sim pelo fato dessas denominações de ativo e passivo. Cara eu nunca achei um cara sem essas limitações. Eu não me considero um machão para me definir como ativo e nem afeminado o suficiente para me considerar passivo, ou seja, eu não quero ser ativo com um cara e achar que estou com uma mulher e não quero ser passivo com um cara que me use como seu uma mulher. É eu sei que pode parecer estupido mas é o que estou sentindo. Eu acho q nunca irei achar o cara certo para mim e hoje para algo bem distante ” vou morrer virgem literalmente “. Será q é pedir muito q um cara não me veja como um objeto. É eu sou um tolo sentimental. Alguem tem algum conselho para q eu consigua… sei la. Ser como a maioria das pessoas q conseguem se envolver sem ter sentimentos só puramente por prazer? Cara eu não consigo! Alguem me ajude por favor! Meu e-mail é (ederson.blow@yahoo.co

  27. Diego disse:

    Oi sou pasivo, tenho 13 anos se tive algum ativo Q quiser me conhecer meu whatsapp +558481017624 , e meu facebook diegogigantepp@gmail.com

    1. Alexandre disse:

      Oi diego meu nome é alex eu quero te conheser melhor sou de sp meu numero 987095079 tim bjsss

  28. Getúlio Junior disse:

    Olá, meu nome é Getulio. Sou de Osasco SP. Tenho 22 anos e adoro ser passivo. Antes de mais nada, nao sou do tipo que frequenta meios GLS.
    Pode-se dizer que sou meio bear, mas nao sou peludo, só gordinho mesmo.
    Por fim, quem estiver interessado contate-me
    getulio.nh@hotmail.com
    11- 988164813

  29. caio disse:

    preciso de um namorado passivo se enteresar-se me liga (61)92824490 meu nome e Caio cesar

  30. Junior disse:

    Olá, meu nome é Junior, tenho 22 anos. Moro em Osasco SP, sou gordo e passivo. Antes de mais nada quero conhecer pessoas, se algo vir a acontecer será consequência. aqui esta meu fb https://www.facebook.com/getulio.nh
    Interessados podem add, e manter contato. Desde que tenham os pré requisitos básicos.
    Fora desse padrão, propostas seram analisadas.
    11 988164813

  31. wanderley disse:

    sou ativo e passivo, mas já fui passivo varias vezes tirando a dor foi muito gostoso, só que de uns tempos pra cá senti um desejo de usar lingerie fio dental ,maquiagem e até saltinho, pois, com isso eu sinto mais tesão de ser penetrado. usando tudo isso é mais sensual, pois algumas vezes que sai para transar eu usei e meu parceiro adorou. o que vocês acham da minha atitude é certa ou não, há não deixo de usar o lubrificante e preservativo. gostaria que alguém comentasse, até a próxima…………….

  32. Daniel disse:

    Oi, sou passivo e tenho 18 anos, se alguem se interessar adc meu whats é 15 996925641

  33. wanderley disse:

    Oi Daniel, seja bem vindo e, que você tenha sorte. Mas hoje é dia 12/06/14 e, comemoramos o dia dos NAMORADOS, e eu desejo a todos UM FELIZ DIA DOS NAMORADOS, e, que tenhamos um belo DIA. Um abraço á todos…………….

  34. Dan ♥ disse:

    Muito bom o post ótimo para quem está entrando no ramo kkkkkkk sou somente passivo, chama no whatsapp 011 986068916

  35. helio disse:

    Não adianta querer complicar as coisas, dizer que é preconceito, ou tabu, etc…, ou que é “mais gostoso” ser versátil. Ser ativo ou passivo é apenas uma questão de preferência. Cada um pode sentir muito prazer a seu modo, e nunca ter vontade ou mesmo curiosidade de experimentar o outro jeito.

  36. Pedro disse:

    Não é correto generalizar e dizer que o apenas passivo ou o apenas ativo tem problemas psicológicos, se fosse assim, na heterossexualidade as mulheres e os homens seriam versáteis também, acho que a maioria dos gays versáteis sempre ficam impondo discursos para o outro ser versátil só para agradá-los, são pontos de vista formados ao decorrer da vida, ninguém deve ficar dizendo o que é gostoso se para o outro é ruim. Fugindo do assunto, uma coisa desagradável em relação aos versáteis, não todos é claro, mas a maioria, isso por experiência própria e das pessoas que conheço: numa conversa informal… num encontro entre gays, quando o assunto da posição sexual é tocado, um deles diz que é só passivo ou só ativo, o outro, O versátil concorda e diz que está tudo bem, o assunto nem é mais tocado, mas quando chega o momento de transar, o versátil vira a bunda pro passivo por exemplo e fica insistindo. Ou faz gestos como sentar em cima do passivo e rebolar, mas também quando o cara é ativo e tem que ficar aguentando coisas que eles não costumam gostar. É extremamente desagradável, as coisas deveriam ser ditas antes.

  37. Fábio Marx disse:

    Eu sou 100% versátil, isso é 50% ativo e 50% passivo e por sorte encontrei um parceiro que também é desse jeito. Já namorei rapazes ativos e rapazes passivos, nunca me senti tão bem na cama como me sinto atualmente. E eu realmente acho que isso faz parte de questões psicológicas, pq todo homem pode sentir prazer em ambas as situações.

  38. Gustavo disse:

    Gente por favor viva a versatilidade, acho que não teria problema em ser ativo e passivo na cama, inverter os papéis de vez enquando deixa o romance aceso por mais tempo.

    1. helio disse:

      Por que certos “versáteis” não podem ou não querem entender que certos gays tem uma preferência bem definida; alguns são ativos, outros apenas passivos.
      Cada um tem sua preferência, e ninguém tem obrigação de ser versátil, ou “variar de vez em quando”, se não quiser.
      É tão simples! Cada um faz do seu jeito, como se sentir bem e como lhe der mais prazer, sem tem que seguir uma cartilha.

      Os que são apenas ativos, ótimo; os que são só passivos, aproveitem; quem é versátil, curta de tudo. Cada um na sua, sem se incomodar que o outro é diferente. Apenas achem um companheiro compatível.

  39. ale disse:

    Ola estou casado com um cara a 1 anos , temos uma vida otima nos gostamos muito, mas uma coisa esta me tirando o sono, sou versatil , mas nessa relação estou sendo só passivo, ja tentei fazer ativo com ele mas ele sempre se escapa, o que pega é que ele próprio ja me falou que foi passivo em outras relações, e comigo até agora nada , o que pode estar acontecendo ? Alguem pode me dizer algo sei la ?.. alguem que ja passou ou esta passando por isso , valeu galera!

  40. Valdir disse:

    Não acho apenas legal que ambos sejam versáteis em um relacionamento, mas saudável também! Parabéns pelo post.

  41. lebeadle disse:

    Toda essa questão me faz pensar que existem pessoas que se inclinam naturalmente para ser ativo, passivo e também versátil.
    Agora, penso que o natural passivo ou ativo pode ‘aprender’ a vivenciar a outra face da moeda, afinal caso não se tenha nenhum problema de ordem biofisiológica (tipo fimose, disfunção erétil, stress) ou de natureza psicológica/psiquiátrica (ansiedade, depressão, traumas das relações passadas) é realmente possível que o fato aconteça.

    Esse ‘aprendizado’ pois, passaria pela procura de um parceiro compreensivo, que esteja de alguma forma aberto ao diálogo, como também pela auto-observação da pessoa, a partir de um juízo em relação a sua própria consciência e a seu histórico, circunstância e à conscientização em buscar ajuda, seja de amigos, médicos, psicólogos.

    Muitas dessas barreiras acredito são simbolizações de certas questões nossas que se impõem certa hora e travam o curso do rio de nossas vidas.

    Acredito que com persistência e ajuda possam ser solucionadas.

    Abraços a todos

  42. Kan disse:

    Sou ativo, desde que me conheço como gay. Fui hétero por 7 anos e depois, ativo com homens, e já são 15 anos. Venho perdendo o saco em transar com 100% passivos, mas não me vejo sendo submisso a um ativo. A questão que me vem à cabeça é que uma mulher, tem mais opções na cama que um gay 100% passivo.

  43. Ednaldo disse:

    Adorei, eu tenho 29 anos sou de ms timha e tinha muitas dúvidas em relação a passivo e ativo, o blog já esclareceu bastante.
    mais eu não sei ainda o q sou, seria eu versátil? ??
    Vou contar minha história…
    Eu ja trazei com gays maia sempre fiz o papel do homem, não q eu seja machão, mas é o q fiz com facilidade eu sinto vontade de ser penetrado, mais já tentei umas três vezes, só q não suportei a dor da penetração. .. suinto muita vontade de ficar com gays Mais eu não tenho essa liberdade, eu vivo à seis anos com uma mulher, a gente tranza só q eu não proucuro muito , mais é ela q me proucura pra ela acho q faço td normal, acho q ela nunca notou nada estranho em mim. Só q eu não sinto prazer por ela, meus pensamentos muitas vezes estão en gays q ja ficaram comigo .
    E eu acho q sou versátil!
    Seria isso mesmo???

  44. Jairis Pereira de Souza disse:

    Tenho muita vontade de ter um parceiro fixo, e que nós dois tivéssemos o mesmo desejo um pelo outro, tanto ele me penetrar, quanto eu penetrá-lo, acho que os dois tem que se sentirem satisfeitos com a relação, porque ativo, e passivo todos dois, independentemente podem ser, isso vai da preferencia de cada um.

  45. david disse:

    Eu sou passivo e quero um namorado rs :D :3

  46. Felipe Silva disse:

    Tenho 20 anos de idade, virgem e me aceitei como gay há apenas um mês. Confesso que me aceitei gay por ser circuncidado. Pois até um mês atrás tinha o desejo de ser transex. Mas como não é possível um homem sem prepúcio virar mulher, deixei esse desejo de ser transex de lado e graças a deus já esqueci isso. Logo, quem vê um comentário de um gay que é gay porque não pode mudar de sexo, já pensa: “É uma passiva! Uma passivona!” Só que apesar das aparências, sou um gay não afeminado. Desde que eu passei a imaginar transar com outros Homens, sempre foi imaginando dar meu rabicó, e sentindo um corpo de um Homem lindo e gostoso colado no meu e me pegando de jeito. Só que nos últimos dias tenho tido uns pensamentos ativos. E já gozei algumas vezes imaginando estar comendo outro cara. Só que eu percebo claramente que o meu tesão é muito mais verdadeiro e intenso quando eu imagino dar pra outro cara. Só que vira e mexe minha mente está entrando em contradição por eu ficar levemente excitado me imaginando como ativo. E aí qual é o meu problema? Me considero predominantemente passivo mas confesso que eu sinto esse passivo dentro de mim quando estou mais digamos “viadinho”. Quando estou me sentindo mais “Homem” confesso que eu não tenho muita vontade de dar. Mas mesmo assim percebo nitidamente que o tesão e os desejos do meu lado “viadinho” são mais intensos que o tesão e os desejos do meu lado “homem”. Mas a minha mente está um mar de dúvidas. Sou versátil predominantemente passivo ou ser passivo é minha vocação e eu devo aceitar isso? Estou com muita dúvida.

  47. bethinha disse:

    Gente eu como mãe de um gay digo q eh melhor morrer do q saber q teu filho eh gay

    1. minhavidagay disse:

      Muitas mães querem “morrer” quando descobrem que o filho é gay. Procure no Google sobre a Edith Modesto. Ela pode te ajudar a rever seus conceitos, caso você queira. Eu não me sinto qualificado para tal.

    2. helio disse:

      Vc realmente acha isso? Por que? Não quer a felicidade de seu filho? Por que não fica feliz por ele, principalmente se ele ama alguém e é correspondido? Lembre-se de que o conceito de felicidade dele não é necessariamente o mesmo que o seu, e o que é importante é ele ser feliz e não satisfazer certos padrões que os pais ou a sociedade querem lhe impor.
      O seu problema sim, é triste, com essa mentalidade. Procure ser mais esclarecida para ser feliz, ou então vai querer morrer de verdade.

    3. É melhor morrer do que ter um filho assassino que mata a mulher, que rouba, que sequestra, que faz maldades. Ser gay é amar alguém do mesmo sexo. O seu filho ser diferente do que vc sonhou pra ele não é motivo pra vc desejar morrer. Pelo contrário, como mãe vc deveria amá-lo e respeitar a personalidade dele, o jeito dele e deixar que ele seja feliz. Afinal, o que a senhora quer? um filho que não seja feliz e hétero por causa de uma convenção social ou um filho que busque ser feliz da maneira que ele é, do jeito que ele é, sendo sincero com ele próprio e não se escondendo? A senhora pode estar sendo responsável pela infelicidade do seu filho pensando dessa forma. Pense a sexualidade dele como algo diferente do padrão, mas que é uma outra forma de amar. Ele vai amar também, mas não do jeito que a senhora gostaria. Toda forma de amor é justa e toda forma de ódio deve ser combatida. Aceite o seu filho como ele é. Ele ama a senhora do jeito que a senhora é com os seus defeitos e qualidades, com a sua personalidade, com o seu jeito. A senhora também deve aceitá-lo assim da forma que ele é.

  48. desculpa a minha falta de informação, mas de acordo com alguns amigos só com o sexo anal o passivo não consegue ejacular, isso procede? Eles disseram que é necessário um estímulo a mais… Ai fui assistir alguns vídeos e não vi realmente a ejaculação. Eu fiquei com essa dúvida

    1. minhavidagay disse:

      Oi Jaque,
      tudo bem?

      Na grande maioria das vezes, o passivo não ejacula sem outros estímulos. Ou seja, somente com o sexo anal não se chega ao orgasmo. Mas, devido a existência da próstata que é estimulada no ato do sexo anal, algumas vezes e alguns passivos conseguem ejacular apenas com o estímulo anal.

      Ok?

      Abraço,
      MVG

  49. Mauricio disse:

    Quero uma opinião sua, caro MVG.
    Tenho uma vida sexual muito ativa como hétero, sou casado e apaixonado por minha esposa. Só tem um probleminha, sou tarado por sexo anal passivo. Não gosto de homens e nem tenho tesão, muito menos teria uma relação amorosa com um homem. Mas sou completamente tarado por pênis, não consigo ficar muito sem “dar”, no mínimo uma vez ao mês. Nunca namorei ou tive mais de três ou quatro transas com o mesmo homem, que normalmente são programas. Queria saber sua opinião, será que sou gay ou bissexual?

  50. Meu depoimento como exclusivamente passivo! TENHO INVEJA DOS VERSÁTEIS!!! rs… Na verdade o que acontece comigo só pode ser o tal do nervosismo e insegurança mesmo que me broxa nas poucas vezes que tentei ser ativo! Então desisti… para não passar constrangimento vou logo avisando pro pretendente que sou só passivo. Curioso é que quando estou sendo “comido”, penetrado pelo ativo, meu pau fica super duro e ereto, sindo muito prazer… mas mesmo assim se tiver imediatamente que mudar de posição para comer o bumbum do parceiro, mesmo sendo uma bunda gostosa, meu pau broxa… Então pra evitar a fadiga procuro parceiros que curtam se só ativos! Quando era mais novo ficava constrangido de responder que era passivo por puro machismo, hoje não tenho mais estas frescuras com outros gays e em site de relacionamento já deixo claro minha preferência!

Deixe uma resposta