O gay versátil


Rapidinha: o gay versátil ou “flex”, para quem está descobrindo esses conceitos, é o gay que assume ambos papéis, ativo e passivo, na hora do sexo.

No meu ponto de vista, como já comentei em outros posts, o gay versátil é aquele que tem uma “atuação” mais plena e resolvida na cama. Fico me questionando até que ponto as influências sociais, que recaem diretamente nas influências psicológicas de cada indivíduo não afetam nessas escolhas de “atuação”. A grosso modo, gay, se é realmente gay, pode livremente assumir os dois papéis pois fisiologicamente é possível qualquer homem ter estímulos de prazer anal. Mas parece que na comunidade, gay passivo na cama tem um papel mais “feminino” e gay ativo mais masculino e, isso, apesar de confuso a princípio, independe se o gay é masculinizado ou afeminado. Existem gays masculinizados (machões) passivos e gays afeminados (delicados) ativos. Não é a figura gay e máscula que, na hora “H” vai garantir o papel ativo, nem a figura mais feminina que assume sempre ou logicamente o papel passivo na cama. Essa aparente “confusão” já foi motivo de frustração para muita gente! Não são poucos os casos que a gente ouve por aí sobre decepções desse tipo.

Acontece que na sexualidade e na homossexualidade as coisas nem sempre são lógicas. De qualquer forma eu sugiro que todos os gays se permitam experimentar os dois lados e, além de experimentar, praticar. Já vivemos sob diversos alvos de restrições para ficar nos classificando “ativos” ou “passivos”. Ser ativo e ser passivo não deixa de ser fruto da mesma sociedade em que vivemos que busca restringir, classificar e enlatar.

Não existe “mais gay” e “menos gay” por sermos ativos ou passivos. E apesar dessa afirmação parecer meio óbvia, levanto essa questão de por quê temos que optar por um lado ou por outro na maioria dos casos? Qual a relação de ser passivo para você? E de ser ativo? Para nós, gays, é possível desenvolver ambos prazeres. Exercitem! Eis uma oportunidade de sermos mais plenos e resolvidos em quatro paredes. Um motivo a menos para justificar a falta de sorte para encontrar um par! ;)

8 comentários Adicione o seu

  1. Dann disse:

    Apoiado MVG! Mais um post maravilhoso! Deve-se esquecer essa coisa de passivo e ativo, que parece atuar como uma espécie de rótulo (algo totalmente desnecessário). O que importa é o sentimento… Além disso, esses clichês heteros para falar dos gays estão cheios de preconceito, como se um passivo fosse menos homem do que um ativo… Viva ao mundo Flex! :)

  2. nando disse:

    Oii olha eu de novo.. pensei que leria uma vez apenas mas quando vi ja esta lendo e lendo..hoje, de novo.
    primeiro te dou os parabéns e reconheço, mais uma vez, que o tempo resolve tudo quando se tem uma mente berta à aprendizagem… tipo, sua idade e sua ideologia.. dá pra ver que são coisas construidas com o tempo.
    Tambem sou blogueiro mas nunca direcionei um assunto exato como o seu! que na verdade é nosso, nós que somos gays. gostei muito mesmo, obrigado por conceder essa oportunidade pra gente como eu, ou como vc em seu casamento. atualmente estou afastado de meus amigos gays. um ou outro ainda me procuram mas sei o que um relacionamento mal conversado pode fazer.. bom, tenho que estudar agora.. senão ficaria aqui lendo e lendo pra tambem tentar me entender um pouco… certos momentos parece que estou sozinho mas entao lembro que sou mais um gay no meio de tantos que estão por ai.. e entao nao me sinto só. espero que nao se importe com meus comentários.. podem vir muitos deles.. rsrs. grande abraço!

    1. minhavidagay disse:

      Isso aí, meu querido.
      Não estamos sozinhos não.

      E fique a vontade para interagir no blog. Todos os comentários, desabafos e pensamentos seus serão benvindos!

      Abraço!

  3. Renanzitto disse:

    Não acho que todos devam fazer ambos os papéis, mas sim cada um faça o que gostar de fazer ! Há 100% passivos que não gostam de comer, há ativos que não gostam de dar, e há versáteis que fazem os dois papéis. Viva a liberdade de escolha !

  4. Lucas disse:

    Olá, então meu comentário e mais uma dúvida do que somente minha critica a esse brilhante post!
    Enfim, namoro a pouco tempo, e ele me disse que é versátil, porém veio com uma informação que após ejavular (vulgo gozar) não conseguiria mais ser passivo no ato?
    Lógico que na hora estanhei, numa soube disso, pesquisei e não achei nada a respeito!
    Queria o auxílio de alguém para saber disso! Sério, estou agoniado!

    1. minhavidagay disse:

      Oi Lucas!
      Esse fato, da gente gozar e ter dificuldade para ser passivo (ou ativo) é normal.

      Sejamos ativos ou passivos, ou versáteis, depois do orgasmo é natural certa hipersensibilidade no orgão sexual, o que inclui a próstata, principal parte que define o prazer no sexo anal nos homens.

      Sabe aquela ideia de precisar dar uma descansadinha depois do “primeiro round”. Então é isso… simples. rs

      Resumidamente, te explico assim.

      Abraço,
      Flávio

  5. Gugu disse:

    Muito bom o post. Eu sou versátil e estou numa relação versátil com meu parceiro. O problema é que na hora do acto sexual é difícil saber quando é que meu parceiro deseja penetrar me. Penso que tenho um instito dominador de quem comanda tudo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s