Minha Vida Gay – Meus belos exemplares


Nunca dediquei um post sobre homens bonitos, coisa tão comum na grande maioria dos blogs gays que, frequentemente, elegem caras e corpos e fazem da própria página uma vitrine de tentação e fantasia para os leitores. Resolvi abrir uma exceção, contrariando um pouco a linha conceitual “cabeção-nerd-reflexiva” do Minha Vida Gay e selecionei “a dedo” três bonitões que chamam a minha atenção pela beleza. Claro que beleza não se discute e aqui, pelo MVG, frequentam gays que vivem os mais diferentes hábitos e costumes. Assim, a ideia não é agradar gregos e troianos, espartanos ou romanos, quá-quás e “machões”. Ao invés de deixar comentários sobre as fotos seguindo o mais tradicional modelo beesha de se manifestar, apresentarei o por quê dessas escolhas. Escolhas com prazo de validade já que, com o passar do tempo, até a beleza se relativiza…

Beleza de homem 100%, difícil de discutir

HENRY CAVILL

Henry Cavill - Beleza 100%, quase indiscutível
Henry Cavill – Beleza 100%, quase indiscutível

Assisti o novo Super-Homem com meu namorado na sexta-feira. Para essa nova versão, a produção do filme – orientada por Christopher Nolan – conseguiu manter uma atmosfera semelhante aos episódios do Batman – Dark Knight. A ideia é que algumas personagens emblemáticas da DC, considerando também a Mulher Maravilha, surjam nas telas para fechar com a “Liga da Justiça”. Interessante para alguns e duvidoso para outros, como sempre.

Fui sem grandes expectativas pois na minha concepção o “Homem de Aço” não tem lá atributos e poderes envolventes para a realidade que vivemos hoje (não é à toa que um Homem de Ferro, fanfarrão e envolto de traquitanas tecnológicas, desperte mais interesse). Mas confesso que um certo ar melancólico e humanizado do filme combinou muito bem com os olhos azuis de Henry Cavill. A fotografia se fez excelente, a malhação extrema deixou Cavill inteiramente convincente e seu semblante, embora bastante masculino, reflete algo de “bom moço”, da tal melancolia da atmosfera do filme e um olhar positivista para o mundo, quase que como um trintão ingênuo.

Faz alguns bons anos que não me pego atento a uma produção nos cinemas pelas expressões físicas de um personagem. Confesso também que esse “jeito homem” não é lá uma linha estética da minha preferência (sei que a grande maioria dos gays adoram). Mas, como disse, depois de alguns bons anos sem notar homens na tela com um olhar diferente, Henry Cavill oferece uma beleza, definitivamente.

Numa hipotética situação, esse eu teria como amigo.

Latinidade exótica

GAEL GARCIA BERNAL

Beleza exótica
Gael Garcia Bernal – Beleza exótica e intelectualidade

Foi no filme “Má Educação” que reconheci o Gael Garcia Bernal pela primeira vez, quando notei que já tinha o visto em outros filmes. Curioso é isso que, uma mesma pessoa passa a frente dos seus olhos algumas vezes, mas é algum movimento diferente, algum gesto ou alguma fala que se faz reparar. Em “Má Educação” é impossível não notá-lo (principalmente para quem é gay).

Confesso que na época que assisti esse filme, estava solteiro, desimpedido e com os hormônios gritando. Uma das cenas virou motivo para algumas punhetas por um período (rs). O Gael não faz a linha “Homem dos Músculos” como o Cavill, nem tem uma beleza óbvia, “uber-masculina” e incontestável. Mas é sua fisionomia “mestiça”, de homem meio latino, meio europeu que me chama bastante a atenção. É do tipo da beleza que quando mescla com a atuação acontece um tipo de hipnose, pelo menos para mim, muito menos física, muito mais mental. Existe um tipo de mística pelo sotaque espanhol e acho o tom da voz do Gael “de primeira categoria”. Os olhos claros é um ponto forte nessa mistura com sua intelectualidade.

Numa hipotética situação, esse eu teria como namorado.

Moleque “safadinho”

TAYLOR LAUTNER

Taylor Lautner - Jovialidade e sex appeal
Taylor Lautner – Jovialidade e sex appeal

Programa de índio ou luxo, me dei o direito de assistir parte da saga Crepúsculo pelo Netflix há um tempo atrás. 36 anos, ok, mas creio que terei sempre meus repentes infanto-juvenis! Foi aí que conheci as personagens água-com-açúcar dessa série que vendeu horrores pelo mundo. Me chamou a atenção o Taylor Lautner, com uma cara de “safadinho”, moleque-peralta, agitado, engraçado e sabe-se lá mais o quê que o nosso imaginário associa com uma fisionomia. Curioso que, depois, assistindo algumas entrevistas pelo Youtube, o rapaz transmite exatamente essa imagem de “aborrescente” brincalhão, agitado, bem humorado e “peralta”.

Torço para que, dos ingressantes do “Malhação-Crepúsculo”, o Taylor Lautner consolide uma reputação pela atuação. Coisa que não se identifica com clareza em nenhuma das partes no filme ainda (pelo menos a mim, que considero Jack Nicholson e Merryl Streep dois atores fodásticos de uber-referência). Muito jovem ainda, mas eis um tipo de beleza que me desperta sex appeal.

A gargalhada dele é meio estranha. Vale o detalhe para quem consegue se inspirar para “além da barreira física”.

Numa hipotética situação, esse seria para uma fodinha.

7 comentários Adicione o seu

  1. Caio disse:

    É isso aí MGV, o equilíbrio é sempre bom. Foi bacana você postar uma matéria sobre o lado mais “físico” do que só as abstrações e também ao mesmo tempo particular seu.
    Bom como você disse no começo do texto não vou avaliar suas avaliações em relação aos rapazes, mas sim dar meu parecer rsrsrs, que neste caso é aceitável porque concordo com você em tudo. Acho os três bonitos também, mas o Gael seria bacana para uma amizade (não porque só faço amizade por causa da beleza), mas porque ele é o tipo que não me atrai para um relacionamento (é uma beleza diferente). O Taylor é do tipo fofinho, também para ser seu brother ou quem sabe dar uns amassos rsrs, já o Cavill se rolasse, quem sabe algo mais duradouro.

    Abraços.

    1. minhavidagay disse:

      Ehehehe… você e 2/3 dos gays gostariam de um tipo “Cavill” para algo duradouro.

      Aceito tranquilamente suas opiniões…rs.

      Abs,
      MVG

      1. Caio disse:

        Pois é, talvez seja genético a origem para este gosto (afinal ele é tão comum)…sempre culpa da genética rsrsrs. Mas agora percebi que já faz algumas postagens que escrevo “MGV” talvez pelo fato de soar melhor ao invés de “MVG” que é o correto rs, sorry.

  2. williamricci disse:

    O único artista que curto mesmo, digo “é bonito”, é o Howard Donald do Take That, até já dediquei uns dois posts pra ele no meu blog. Na Saga Crepúsculo, sinceramente, acho o Robert Pattinson bem mais chamativo, não apenas pelo personagem interessantíssimo e romântico, mas pela atuação do próprio ator. O Taylor tem alguma coisa naquele narizinho de tomada dele que me irrita e aquele super ego nas alturas também, irritante!

    1. minhavidagay disse:

      Ahahahaha… nariz de tomada é ótimo!
      Para você ver que gosto é uma coisa muito louca, não William? Eu já acho o Robert Pattinson meio “fraquinho/franguinho”, água com açúcar e não me desperta nenhum (nenhum mesmo) sex appeal.

      Sobre o personagem, a vibe sofredora, tristonha e melancólica do vampiresco talvez contribua para achá-lo meio assim. Vai saber…

      Abs,
      MVG

      1. williamricci disse:

        Geralmente, o homem romântico não desperta desejo em um homossexual com raras exceções.

      2. minhavidagay disse:

        Não é verdade!

        Todos meus ex-relacionamentos sempre gostaram de flores, jantar a luz de velas, uma música dedicada, cartas de amor ou paixão (já cheguei até a perfumar uma delas), já cheguei até a fazer uma música para um deles.

        Talvez meu namorado seja alguém que não ligue muito para gestos românticos. Mas é o único que me relacionei que não se sensibiliza muito.

        Mas no geral, as pessoas que conheço gostam. Talvez não exponham ou não entreguem facilmente… lembro de um ex que se fazia de durão até o dia que mandei entregar flores no trabalho.

        Passou a apreciar esses gestos da noite para o dia… rs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s