Dobradinha LGBT São Paulo


De repente, não mais que de repente, começo a voltar um pouco mais meu olhar para os “guetos” LGBT de São Paulo. Há uns 8 anos atrás era frequentador constante do Parque do Ibirapuera e na ocasião os ares LGBT já se manifestavam por lá de maneira sutil. Fazia bons anos que não voltava, quando uma amiga chama a gente para um passeio.

Não menos divertido, uma outra amiga marcara um jantar no Athenas na Rua Augusta para colocar os papos em dia depois de algumas semanas sem falar.

Parque do Ibirapuera é sim LGBT

Está cada vez mais evidente que a capital paulista está mais aderente à diversidade sexual. Não havia apenas um grupo isolado de gays no Parque do Ibirapuera, mas centenas, do estilo clássico sem camisa com corpos ultra torneados, casais gays de mãos dadas, alguns fashionistas em shorts curtíssimos e muitos outros que assim como eu e meu namorado, junto com uma amiga e outro amigo, passavam até desapercebidos em meio a uma real multidão.

O Parque do Ibirapuera em SP é um espaço hoje de mais tolerância
O Parque do Ibirapuera em SP é um espaço hoje de mais tolerância

Posso dizer que o Ibirapuera é um espaço onde é possível exercer a cidadania e civilidade LGBT. Não era tão evidente assim há anos atrás, mas ontem se revelou como um grande espaço público onde gays e lésbicas podem transitar como cidadãos de maneira inclusa. Se isso não representa as mudanças sociais que tanto esperamos, não sei o que é!

Athenas na Rua Augusta

Depois, segui direto com meu namorado para a Paulista. Chegamos antes do horário marcado para o jantar, passeamos um pouco no Center 3 e seguimos para o Athenas.

Athenas - Há anos, um ótimo ponto de encontro para quem é gay
Athenas – Há anos, um ótimo ponto de encontro para quem é gay

A comida por lá continua boa, farta e relativamente barata. A partir das 22h vira ponto de encontro e de esquenta para muitos gays que depois deslocam-se para suas baladas. Outros continuam por lá, preenchendo as mesas e a rua como de costume.

Não sei de vocês, queridos leitores do MVG e apesar dos casos pontuais de homofobia na capital paulista que sabemos todos os anos, o “meu mundo” já se abriu para a diversidade. Faz alguns bons anos que estou longe do preconceito.

2 comentários Adicione o seu

  1. Caio disse:

    Isso deve-se ao fato de que Sampa é a cidade não com a maior concentração (percentual) [o Rio é], mas sim a maior quantidade absoluta de LGBTs do Brasil, creio que mais de 1 milhão kkkkkkkkkkkk. Que bom saber disso, pena que o Brasil é muito grande e poucos lugares são assim. Até mesmo em outras capitais ou grandes cidades essa vida mais tranquila não é assim na prática.

    Mas só por curiosidade, MVG você demonstra afeto com seu namo em público, tipo anda de mãos dadas com ele e até dá uns selinhos de maneira espontânea?

    Abs.

    1. minhavidagay disse:

      Oi Caio!

      Com o meu namorado não demonstro afetividade em público de maneira consciente. Já conversamos sobre isso e, além dele achar desnecessário, eu também não faço questão. As vezes eu o abraço, mandamos beijinhos a distância, ou rola umas carícias espontâneas, mas daquele tipo de coisa que a gente faz sem perceber ou sem trazer para a consciência com um propósito afirmativo gay.

      Mas com meu primeiro namorado, segundo talvez, fiz bastante disso em outro caráter, de exibir socialmente, em ambientes públicos para testar reações dos gays e dos não-gays também. Quando a gente é jovem ou se está vivendo a paixão essas simples experiências nos divertem bastante. rs

      Esses gestos, no passado, já foram símbolos para a minha afirmação homossexual perante o social. Mas hoje entendo que seja mais uma coisa do casal que queira ou não, seja gay ou heterossexual.

      As simbologias de afetividade íntima em lugares públicos, seja as mais simples como um selinho ou as mais quentes como beijaços de língua, me parecem mais cultural/educacional do que de gay ou heterossexual. Claro que MUITOS gays se utilizam desses símbolos para “assinar” a homossexualidade em público.

      Pra mim hoje tanto faz!

      Abs,
      MVG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s