Gaydar is back!


Resolvi retomar esse assunto, já que escrevi a muito tempo atrás e tenho algumas novas considerações a respeito.

Antes de tudo, o que é gaydar?

Gaydar é a sensibilidade que um gay tem para reconhecer outro gay, seja na rua, na escola, faculdade, shopping center, entre outros lugares. O reconhecimento normalmente é feito pelo olhar. Reparamos em alguém e bate uma sensação de que o indivíduo percebido possa ser gay.

O gaydar existe?
O gaydar existe?

O gaydar é uma mito ou uma verdade?

É bastante relativo. Primeiro depende da situação: claro que em lugares, com mais frequência de um público homossexual, o gaydar se faz valer. Por exemplo, aqui em São Paulo, se estivermos na região da Paulista nos finais de semana ou a noite, no Parque Ibirapuera, no Jardins ou até mesmo na Vila Madalena ou Moema, é fácil encontrar gays pois são regiões frequentadas pelos mesmos. Gays também adoram andar no shopping aos domingos. São locais e hábitos desse público que estão se normatizando por aqui. Logo, estar nessas situações colabora em muito para tal “gaydar”.

Me questiono se em locais públicos e gerais fora de horários e lugares específicos o radar realmente funciona. Fico imaginando se, como num laboratório, se colocarmos 5 meninos a nossa frente, quietos e parados lado a lado, para dizer se é gay ou não, tal sensibilidade se manifesta de maneira certeira. Tenho minhas dúvidas!

Se os gays não se caracterizam por roupas, se nem todo homem afeminado é gay e nem sempre o homem que não dá pinta é heterossexual, como afirmar que o gaydar existe?

As vezes, fico pensando se o gaydar não é fruto da necessidade de alguns gays (na maioria jovens) de buscar por identificação. Estamos constantemente buscando nossa identificação no processo de formação como indivíduos e de encontro a um “lugar” na sociedade. O que é natural e nesse contexto se justifica.

Porque confesso que tal assunto era muito recorrente até meus 28 ou 29 anos. Depois de um tempo, o desejo de identificação não é mais o mesmo pois tendemos a estabelecer conexões com outros gays e com a sociedade. Nos “encontramos” por assim dizer.

Fica aí a reflexão! :D

 

3 comentários Adicione o seu

  1. N. Barcellar disse:

    Acredito sim que o Gaydar existe!
    Eu mesmo, geralmente sempre que vou ao shopping com minhas amigas por exemplo, identifico facil os “enrustidos” e/ou os que só no andar dizem “estou aqui,sou gay”.
    E não por necessidade ou questão de se encontrar ou algo do tipo, sabe quando voce ta conversando, dai passa uma pessoa que lhe chama devida atenção? – Pois!
    Sempre tem algo que mostra um diferencial, uma passada de mao no cabelo, o andar, a roupa, e muitas vezes apenas o olhar. Sou recente seguidor do Blog, porem estou curtindo muito, continuem com o excelente trabalho garotos!
    -Por Favor Me casem! HAHAHA
    Baiano, de Salvador, 21 anos, moreno! Alguém que queira um relacionamento serio e crescimento na vida,

  2. Caio disse:

    O gaydar é bem subjetivo. Cada um (gay) o tem com uma certa “calibragem” rs. Desde os raríssimos 0 de calibragem até os raros 10 de calibragem. Eu percebi em mim mesmo durante meu amadurecimento. Quando me dei conta de que sou gay aos 16 anos não conseguia reconhecer quase nenhum gay. Na época até os afeminados poderiam me enganar rs. Aí lendo um pouco na net sobre homossexualidade e deixando minha própria natureza aflorar comecei a ter a sensação de maior desconfiança ao ver certos homens. Hoje já é bem mais fácil detectar os homos por aí, até os mais enrustidos, ainda que estes precisem ser analisados mais afundo.

  3. Eduardo H disse:

    Gaydar pra mim não existe, na realidade o que se faz é uma co-relação que compara hábitos e trejeitos comuns aos gays.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s