Por favor, goste de mim


Seriado de temática gay

“Please Like Me” é um seriado do Netflix de temática gay que vale a pena. Assim como “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”, qualquer produção cultural que trate com naturalidade as relações homossexuais e homoafetivas, descolando-se dos clichês e dos estereótipos gays, merece um destaque do Blog Minha Vida Gay.

Naturalmente gay

Eis o conceito central da produção e creio que dar naturalidade à homossexualidade tem sido um dos propósitos do MVG desde sua concepção. Nossas melhores referências sobre “ser gay”, melhores no sentido do descolamento e desprendimento de “caixinhas”, preconceitos e modelos, é quando a homossexualidade em nossas vidas é apenas uma fatia da pizza inteira. É quando saímos de guetos, modos, falsas ideias e hábitos ou daquele discurso igualmente preconceituoso de que, se a gente não fizer um tipo, está faltando um tempero que nos justifique.

Ao contrário de RuPaul’s Drag Race, cujo conceito é a exploração das personagens e fantasias – e do movimento ao célebre e comercial – Please Like Me dá um tapa delicado em todos os maiores clichês que, facilmente, conseguiríamos mentalizar quando o assunto é o gay.

As personagens levam a realidade gay ao ordinário. Isso é o mais incrível.

Os atores são excelentes e Josh, o protagonista da história, é um personagem bastante elaborado e creio que muito difícil de se fazer. É alguém frio, racional e indiferente e, ao mesmo tempo de valores, antencioso, carinhoso e sensível.

Mora numa república com seu melhor amigo, Tom, que é um heterossexual daquele tipo mulherengo, voltado ao desejo de sexo, embora nerd e “bonachão”. A partir dessa relação, bastante fora do imaginário de que gay odeia hétero e vice-versa, vivem cercados de situações que pode acontecer com qualquer um. É, repito, o ordinário.

Please Like Me se atreve até a quebrar a barreira de que gays bonitos só se relacionam com gays bonitos. Josh, embora carismático nessa mistura de “cruel” e amoroso tem uma aparência comum, mas se relaciona normalmente com meninos bonitos. E os meninos bonitos da história não fazem o tipo “galã”, que não peidam, não ficam doentes e nem tem bafo. Pelo contrário, apresentam suas vulnerabilidades específicas e intensas as quais, num contexto de “caixinhas” e rótulos o belo tende a camuflar.

As relações afetivas, sim, nos humanizam seja o lindo que você for. E esse talvez seja o maior desafio para qualquer um que queira se entregar, de fato, em um relacionamento.

Com bom humor e drama leve, o seriado “Please Like Me” poderia ser mais uma daquelas produções do tipo água com açúcar da sessão da tarde, que não acrescenta em nada. Mas não. Apresenta um conteúdo sensível, altamente recomendável para gays e heterossexuais que tem curiosidade sobre como é a vida de gays que superaram as diversas barreiras, questões, tabus e fantasias sobre a homossexualidade.

Longe de ser uma ficção científica ou uma fantasia, Josh, seus pais e seus amigos nos conduzem – a partir de uma fatia da pizza (o fato de ser gay) – às outras partes que a fazem inteira. O fato é que as situações de Please Like Me, acima de tudo, formam a realidade para alguns e é (totalmente) conquistável para quem correr atrás.

A lição está exatamente aí: encaixar em nossa vida a fatia que nos faz gays e, depois, entender que somos a pizza inteira.

Fica minha recomendação de um seriado – Please Like Me – que (sutilmente) é uma aula para qualquer que seja o homossexual, independentemente da idade, e qualquer que seja o nível de interesse homossexual que um indivíduo levar. É o lado cheio do copo, embora sejamos vulneráveis a morte, a crises, a atritos, a rompimentos e a perdas.


coach-de-vida-gay

Sou Mentor e Coach para o público gay e relacionados: pais, irmãos, amigos, entre outros e desde 2011 matenho o Blog MVG como meio de referência, trocas e vivências. Gostaria de uma mentoria ou coaching? www.lifecoachmvg.com.br

1 comentário Adicione o seu

  1. A série foi um muito bem-vindo sopro de ar fresco (trocadilho? não…). Muito supimpa! E que a Netflix libere logo a 4ª temporada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s