Devaneios sobre a Esperança

Minhas reflexões sobre a esperança em tempos de isolamento social e crise política brasileira Manter a esperança, ou não, sempre foi uma escolha individualizada. E essa certeza se intensifica agora. No país que vira o epicentro por uma série de fatores, da sua pequenez a sua grandeza, das opiniões divergentes, diversas que essa liberdade individual…

No men’s land

Aprendendo com a sombra Alguns amigos vieram me questionar o sentido do meu “chavão” particular parefraseado de Leandro Karnal: “não existem bons representantes para um povo ruim e vice-versa”. O sentido, que a mim parece ser direto e óbvio, não brilha dessa maneira para todos. Incrivelmente, as pessoas que contribuem nas minhas redes sociais, na…

Reflexões em quarentena: a velocidade dos fatos

Análise: Brasil em looping Hoje eu tive uma conversa boa com alguém que é bem Bolsonarista (crente ou não, tanto faz, mas não arreda o pé em relação as ações do presidente). Sempre vou respeitar essa diversidade de opiniões e pensamentos que é característica de nosso país. O ser humano, principalmente do Ocidente, pode até…

Reflexões em quarentena: um pouco mais de tudo

Naquela sociedade os gatos eram cultuados, tal qual as vacas para os Indianos. Era comum mumificar o felino quando ele morria, caracterizando sua sagrada homenagem ou forte simbologia religiosa. Ter um desses em casa representava superioridade, algo equivalente a carregar um iPhone cuja capa de proteção tem um orifício no verso para que outros saibam…

Quarentena: reflexões sobre o coronavírus e nosso momento de mundo

Há duas semanas iniciei minha quarentena para ajudar a desacelerar a disseminação do coronavírus em São Paulo e, nesse período, passou pelos meus pensamentos voltar a escrever sobre nosso momento de mundo no Blog Minha Vida Gay. Minhas motivações e as práticas antes e durante a quarentena tem apontado para outros “lugares”, formatos, temas e…

O que esperar de 2020

2020 Antes de mais nada, a minha sugestão é que não se espere por nada. A ação de aguardo ou de expectativa pode provocar inação ou frustração. Então, antes de mais nada, idealize um ano de 2020 no qual você arregace um pouco mais as mangas e saia da zona de conforto, lembrando que “zona…

Restrospectiva 2019

Minha vida (gay) em 2019 – Retrospectiva A retrospectiva da minha vida (gay) em 2019 começa com a certeza, com um pouco do chão da realidade, de que as mudanças nas sociedades, tendenciando fortemente para a direita, não é algo inédito e – possivelmente – não será a última vez. O ser humano (e isso…

Escravidão

Laurentino Gomes Interessantíssima a entrevista do jornalista Laurentino Gomes, escritor da obra atual “Escravidão”, livro que traz um olhar mais nítido e real das nuances da vinda dos negros ao Brasil. Seguindo a minha “tese” e reflexões atuais sobre “raízes dos problemas de nosso país”, o ponto alto da entrevista veio de um detalhe semântico:…

Fantasias do meu mundo

Minha visão dos melhores dos mundos Sigo uma das máximas filosóficas de René Descartes: “penso, logo existo”. Básico e não tenho problemas por gostar de pensar… Minha visão sobre a existência, em solo nacional, aponta para muitas transformações, seja sob a influência do fato de eu ser gay ou, simplesmente, por ser um pensante. Captando…

Glenn Greenwald e Augusto Nunes

A treta entre Glenn Greenwald e Augusto Nunes A mim é uma ironia pois ambos, Glenn Greenwald e Augusto Nunes eram duas representações midiáticas que tinham respeito. Por um lado, Glenn Greenwald havia construído minha admiração a partir de suas entrevistas filmadas e realizadas ao representantes em época de eleições. O Intercept em si, no…

Identidade de gênero

Festinha no apê Vez ou outra me permito extrapolar as dinâmicas regulares de final de semana que é de acordar cedo sábado e domingo e aproveitar o pouco tempo livre que tenha com meu namorado em meio a diversas atividades, sempre em movimento. Estou ficando mais velho e a vontade de ficar na horizontal, deitado…

A vida gay aos 42 anos

O que acontece quando – há décadas – pais e familiares mais importantes (no sentido afetivo da palavra) já te aceitam gay? Quando todos seus amigos, também há décadas, já convivem desapercebidos com a sua homossexualidade e, quando pintam novas amizades, rapidamente o assunto é introduzido e ninguém ou quase ninguém reage de uma maneira…