Pernas cruzadas

A educação machista é realmente muito engraçada, quase que uma piada para as mentes mais esclarecidas.

Em conversa com meu namorado por Skype (para quem não sabe, Meu Japinha está no exterior fazendo curso), notamos algo típico da nossa cultura nacional que lentamente está mudando: o cruzar das pernas rentes que recai na valeta do preconceito!

Parece que ainda é convencionado, em alguns grupos de heterossexuais, que o cruzamento de pernas no formato de “4” caracteriza masculinidade. Agora, se o fulano cruzar a perna assim:

Cruzar as pernas assim é coisa de gay? Só no Brasil mesmo!
Cruzar as pernas assim é coisa de gay? Só no Brasil mesmo!

Desprezamos situações do simples conforto e priorizamos a educação machista! É assim que funciona ainda nessa terra, produção?

Toda conversa veio de uma percepção do meu namorado: ele está numa cidade dos EUA e notou que a grande maioria dos meninos, com seus 22 anos em média, cruzam a perna como da foto acima. Tal postura não caracteriza a masculinidade mas, de fato inteligente, o conforto.

Chega a ser risível esse assunto, eu sei. Mas é que o machismo nos leva à perplexidades desse tipo mesmo. Dois de meus funcionários, heterossexuais evidemente abertos à diversidade, cruzam as pernas de tal maneira sem problemas e questões. Já o outro da equipe que é notoriamente machista, cruza a perna no formato de “4”.

Dizem os machos que não cruzam as pernas assim por causa das “malas” avantajadas. Ah vá! Então quer dizer que só macho heterossexual tem a coisa grande?

Vai Brasil que por enquanto só está batendo na trave!

 

3 comentários Adicione o seu

  1. Nick disse:

    Mas eu juro que cruzo em formato de 4 por eu achar mais confortável, tudo bem pode ter um pouco do medo da sociedade julgar, mas meu pai cruza as pernas como o do cara da foto, mas eu não consigo, me sinto confortável em cruzar em formato de 4.

  2. Gustavo Sammy disse:

    Minha mãe ficava muito brava toda vez que eu cruzava as pernas assim. Foi tanto trauma que hoje, mesmo sendo assumido, não consigo nem acho confortável.

  3. Caio disse:

    Desculpe, mas acho estranho um homem cruzar as pernas assim como na foto. Fica horrível. Eu nunca tive este costume, amém rsrsrsrs; só as vezes coloco um pé em cima do joelho da perna contrária. Não nego que me policiei para não cruzar as pernas esticadas a minha frente, mas isso só fazia as vezes e mesmo sendo quase automático me sentia incomodado. Da mesma forma parei de ficar tremendo as pernas enquanto sentado (sinal de ansiedade). Quem quiser fazer que faça, mas eu não gosto.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.