Aprendizado aos 42 anos

Gay japonês – tempos de resgate daquilo que nunca fui atrás Aprendizado aos 42 anos e quem fala é um gay japonês: ando com certa “compulsividade” por trazer conteúdos e reflexões sobre a cultura japonesa e, me antecipando (acho essa próxima autoafirmação importante para quem lê), a ideia não é ficar enchendo de vanglórias uma…

A vida gay aos 42 anos

O que acontece quando – há décadas – pais e familiares mais importantes (no sentido afetivo da palavra) já te aceitam gay? Quando todos seus amigos, também há décadas, já convivem desapercebidos com a sua homossexualidade e, quando pintam novas amizades, rapidamente o assunto é introduzido e ninguém ou quase ninguém reage de uma maneira…