Aprendizado aos 42 anos

Gay japonês – tempos de resgate daquilo que nunca fui atrás Aprendizado aos 42 anos e quem fala é um gay japonês: ando com certa “compulsividade” por trazer conteúdos e reflexões sobre a cultura japonesa e, me antecipando (acho essa próxima autoafirmação importante para quem lê), a ideia não é ficar enchendo de vanglórias uma…

Ganbatte

Reflexões sobre modos e cultura japonesa Para além das questões gays, andei tecendo muitas críticas e reflexões a respeito da cultura latina que é predominante e dita a normatividade no Brasil. Ando de saco cheio, já que é essa cultura que reverbera todos os dias, ainda mais polarizada do jeito que está. Preguiça. Talvez, em…

Para que servem os calos

Uma semana que começou diferente Pensei que a ressaca e as doses extras do final de semana me trariam certo gosto amargo moral. Confesso ter ficado preocupado com meu rendimento na academia, já que é certo que quando se toma umas a mais, tudo que é exercício fica mais difícil. Imagine então com doses de…

Ser gay e ser oriental

Volto com o tema “gays orientais” de novo devido a uma situação apropriada: o Marcos, que não é um leitor do Blog MVG, entrou em contato por e-mail para solicitar uma ajuda. Ele é estudante da ECA – USP e chegou até a mim para pedir uma participação num trabalho da faculdade. Em linhas gerais,…