Saber namorar

Cada vez que o tempo passa, eu venho acumulando experiências em relacionamentos. Acredito que namorar não requer necessariamente uma aptidão, mas a vivência. Logo, a moral da história desse post é assim: quer namorar? Se joga sem muitas vaidades ou caprichos. Pode doer no final, mas depois que você permite passar e/ou perdoar (e essa…

Festa Ursound – Uma experiência antropológica

Antes do encontro no domingo com as “Divas de Sete”, no sábado fui até a Liberdade com a amiga “Ela” do Blog QGSE. Almoçamos no velho e bom “Espaço Kazu” e, afortunadamente, tomei uma cantada de um estrangeiro que se encontrava por lá e não tirava os olhos. Um belo exemplar loiro de olhos azuis….