As vezes as pessoas não estão prontas

Relacionamento é espelho Costumo dizer que “relacionamento é espelho” e entendo que para muita gente, depois de vivido alguns e conscientizado, passa a fazer sentido. O ser humano é um bicho curioso. Por um lado, autoafirmamos a necessidade constante de nos socializar, ter amigos, transbordar amor e empatia e obter o mesmo. Por outro, na…

Eu te amo

Obliteração do conceito? As expressões “eu te amo” e “amo você” tem um poder que, segundo espíritas, monges e outros indivíduos que carregam a espiritualidade como parte integrante de suas vidas, trazem benefícios para as relações, para o corpo e para a mente. Muitos psicólogos não diriam o contrário: a expressão é poderosa. Desarma, acolhe,…

Os mais “gays” em 2016

Os 4 posts mais lidos no Minha Vida Gay em 2016 Todos os anos é de cultura (geral) para quem é gay ou simpatizante, alguns temas tais como “os famosos que assumiram a homossexualidade”, “os casos de bullying ou de homofobia que marcaram”, “as cenas e situações em novelas que envolveram a temática gay” e…

Ponto de virada

Quando é a hora de virar a chave? Conversando com meu professor de japonês, que é amigo e gay, narrei a ele a história que começou com (o novo) Rafa. Começou em termos pois, se não me falha as contas, estamos saindo faz quase dois meses. Eu com quase 40 anos e por mudanças significativas…

A ideia é namorar, não importa muito com quem

Gays, prestem atenção: o outro é muito mais do que a mera aparência Quanto mais buscamos pelos caminhos do autoconhecimento, mais nos conscientizamos de que parâmetros de comportamentos são necessários para que o indivíduo tenha segurança em determinado grupo. E ao mesmo tempo, a consciência – a medida que se desenvolve – nos garante uma…

Espelho, espelho meu

Você gosta do que vê? Rever ex-namorados, além de colocar em conteste a cultura normativa que diz para não se ter mais contato com tais pessoas, é a oportunidade de entender um pouco mais sobre a si pois, bem ou mal, as relações afetivas são verdadeiros espelhos e permanecem assim quando a intimidade se perpetua…

A arte de se relacionar, o retorno

Dicas para gays e heterossexuais Quantos não são os livros e publicações de autoajuda que focam exatamente neste tema: “a arte de relacionar”? Milhares. E se falarmos do contexto da Internet, milhões. E está aqui mais um dele, cujo tema já foi escrito e reescrito por mim algumas vezes para o MVG. Como tenho um…

A hora de dizer “eu te amo”

Quando dizer eu te amo Já pronunciei essa pequena e representativa expressão algumas vezes na vida e para as mais variadas pessoas. Sou rodado (rs) e do ponto de vista de experiência, tal fato seja uma virtude. A gente nunca sabe, ao certo, quando se está amando. Se o sentimento é de paixão ou amor,…

Por que pessoas ciumentas e controladoras traem?

Gays, héteros ou derivados: existem os ciumentos que traem Parece contraditório dizer isso, mas não é raro vivenciar experiências de pessoas ciumentas e controladoras que traem. O lidar com a possessividade / ciúme das pessoas não é algo restrito ao gay ou qualquer outro “tipo”. Então, o post no Minha Vida Gay será dedicado a…

Qual a diferença?

Vocação para orientar pessoas Sou gay, tenho 39 anos e busco hoje – quase na marca da meia idade – por novos desafios. Sou empreendedor desde meus 23 anos e proprietário de uma empresa de marketing (digital) e o fato de ser gay nunca me coibiu de liderar pessoas, servir clientes e estreitar contato com…

Solteiro convicto ou namorador obstinado?

No vai e vem das emoções do Minha Vida Gay Acontece um fenômeno interessante no MVG, de tempos em tempos, que consigo medir pelas pessoas que seguem o Blog por e-mail ou por serem blogueiros: quando estou solteiro e narro minhas experiências como tal, abandonam o Minha Vida Gay o perfil mais romântico, inspirado pelas…

Vazando segredos

Pé no chão e cabeça nas estrelas Por aqui, no meu entorno, estou vivendo a renovada sensação de estar gostando muito. Poderia dizer que o post anterior foi uma autoafirmação a mim para lembrar que, gostando muito, é importante cuidar para não querer “engolir” a pessoa (rs), ultrapassando os limites de sua (e da minha)…