As vezes, parece que ainda estamos juntos

Relato no Minha Vida Gay: quando o assunto é namoro, as vezes a gente acha que somente as relações tem o que ensinar. Mas e quando os términos ensinam? Mais um relato pessoal no Minha Vida Gay, para o leitor assíduo se inspirar no final de semana! :)

A vida que segue

A afetividade entre gays: novas reflexões Ufa! Semanas corridas, muito produtivas e pouco tempo para destinar ao Minha Vida Gay, o Blog. Temas estão borbulhando na cabeça, mas tenho focado meu tempo para o Life Coach MVG. Desculpem meus queridos leitores! Um destes temas resolvi não deixar passar desse mês. E diz respeito (para variar)…

Espelho, espelho meu

Você gosta do que vê? Rever ex-namorados, além de colocar em conteste a cultura normativa que diz para não se ter mais contato com tais pessoas, é a oportunidade de entender um pouco mais sobre a si pois, bem ou mal, as relações afetivas são verdadeiros espelhos e permanecem assim quando a intimidade se perpetua…

Vulnerabilidade e exposição

Quem é que gosta de se sentir vulnerável? Na realidade, sejamos gays ou heterossexuais, ninguém gosta de se sentir vulnerável. E a vulnerabilidade caminha de mãos dadas à exposição. Refiro-me a vulnerabilidade e a exposição em relação ao outro, a alguém que se configura um interesse e, num contexto geracional, sei que quanto mais jovem…

Paixão que dói

As emoções são poderosas Ultimamente tenho escrito posts que servem para pessoas, independentemente se somos gays, heterossexuais ou variantes (das identidades de gênero ou sexual). E de começo levanto a questão: você já se apaixonou a ponto de doer? Atenção: não me refiro a dor negativa quando o outro não corresponde (ou achamos que não…

O dia em que reuni todos meus ex-namorados

Eu, eles e a minha festa de aniversário A pedido de um dos leitores do Minha Vida Gay, retomo com mais detalhes a situação bastante atípica, do ponto de vista do que é normativo e culturalmente esperado: na minha festa de aniversário de 33 anos reuni todos meus ex-namorados, incluindo o que eu estava conhecendo…

Esse estranho amor

Que amor que é esse que tantas pessoas sentem pelas outras sendo correspondidas apenas com migalhas? Pelo menos, entre os gays, sei que muitas vezes acontece disso. A pessoa idealiza o outro, o coloca como alguém incrível ou quase perfeito. O outro pouco dá bola ou recorre excepcionalmente quando precisa de ajuda, está passando por…

Relato gay – Deixar fluir

Costumo dizer que as pessoas – à medida que vão acumulando experiências, desatando seus nós, amadurecendo e evoluindo – vão se tornando a melhor versão delas mesmas. Todos. Isso quando superamos nossas questões, resolvemos nossos medos e aceitamos as mudanças inevitáveis durante toda a vida com paz de espírito. Em diversos planos da vida assumimos…

Gay não é um adjetivo – Ensaio sobre a paixão

Prometi um ensaio sobre a paixão aqui no Minha Vida Gay. Acho que agora é um momento oportuno: Já falei do amor num dos ensaios no Blog e hoje reservo um tempo para falar sobre a paixão. A paixão é um tipo de calor no peito que preenche, que nos tira de uma certa sombra….

Minha Vida Gay – Hora dos 37 e as coisas do amor

E no sábado fiz 37 anos. Quem diria que já vivi quase 4 décadas e que pessoas nascidas no final dos anos 70 já foram jovens um dia? Tudo bem que as gerações estão envelhecendo cada vez mais lentamente (de cabeça, de hábitos e de dinâmica de vida) e acho que isso nem é justificativa…

Gay não é um adjetivo – Ensaio sobre o amor e o desamor

Amar. Posso dizer que – apesar de estar num momento de balanço, fechado para qualquer envolvimento afetivo mais sério, assunto que fica bastante explícito em boa parte dos últimos posts – vivenciei três formas de amar mais definidas que vou denominar de “amor paixão”, “amor à distância” e “amor construtivo”. E mesmo assim me sinto…

Príncipes e princesas

Às 16h30 da tarde, durante uma reunião com a jornalista aqui da empresa para definir um novo texto para outro Blog relacionado a negócios, um amigo muito querido me liga para poder desabafar. Desabafar seu caso, com um rapaz de 20 e poucos anos, que anda tirando-o do sério. O jovem é daqueles padrões de…